Você Tem Um Monstrinho Que Mora Na Sua Cabeça e Inferniza Você?

Tempo de leitura: 2 minutos

0 Flares Facebook 0 Twitter 0 Filament.io 0 Flares ×

Você tem um monstrinho que mora na sua cabeça e inferniza você? Um monstrinho que volta e meia provoca um caos temporário, ou por vezes, provoca um caos que dura mais tempo do que pode imaginar, ou até, que possa suportar?

Ele faz uma bagunça tremenda e traz pensamentos ruins, que não param de ir e vir, que, como um tornado, tira tudo do lugar e acaba desencadeando um monte de coisas ruins na sua vida?

Se você tem veja abaixo todos os inconvenientes que esse monstrinho causa, quando não lhe damos a devida importância, ou quando não tomamos consciência dele e como transformá-lo num forte aliado que propicie foco, motivação, atenção e rebaixe a ansiedade.

Um dos monstrinhos que mais atrapalha a vida da gente é a preocupação.

Na nossa cultura a preocupação é cultivada de forma completamente errada. A preocupação não é saudável, gera ansiedade e causa uma série de problemas na nossa vida. Mas há um antídoto certeiro para ela.

Quer ver?

Outro antídoto (além dos citados antes) maravilhoso contra nossos monstrinhos é a autoestima.

Hoje o cenário é triste, pois a autoestima de forma geral das pessoas anda muito baixa. Independente de sexo ou idade, houve uma queda assustadora no nosso antídoto, por isso tanta irritabilidade, ansiedade, pânico…

Mas podemos resgatar isso. Vamos ver o que fazer!

Espero que esta reflexão tenha ajudado você a transformar os monstrinhos que mais tem incomodado na sua vida.

Afinal, sucesso e realização dependem de saúde emocional. Hoje a gestão das emoções é o diferencial dos profissionais no mercado e das pessoas de forma geral na vida.

Não é a toa que a OMS tem alertado tanto para o índice crescente no Brasil e no Mundo de depressão, ansiedade, suicídios… É realmente porque a situação está crítica e, na maioria das vezes as pessoas acreditam que apenas fazendo um pouquinho não adianta.

A realidade é que, se cada um fizer a sua parte, por menor que seja, já vai ajudar e muito.

Se eu adotar uma emoção positiva por dia, meus monstrinhos diminuem e, posso contagiar outras pessoas, que contagiam outras…

Vamos contagiar positivamente?

Grande abraço!

Isabel

#positividadetransforma

#curapositiva

 

 

 

 

 

 

 

 

 

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *